Depois de ter sido lançado nos Estados Unidos em 1999 e mais recentemente no mercado europeu, a Autodesk Portugal anunciou hoje em Portugal a disponibilização de um novo serviço de colaboração em projectos, o Autodesk Buzzsaw. Pensado para o sector da construção civil, este serviço permite a gestão centralizada e partilha de documentos de um projecto online, obtendo desta forma ganhos de eficiência através da redução de alguns dos ciclos de duração de projectos e da redução de erros, justifica a empresa.



"O lançamento do Buzzsaw representa a entrada da Autodesk Portugal na área dos serviços. Tal como outras empresas do sector, pensamos que esta é uma oportunidade, sobretudo num ano como este em que o outsourcing de serviços é mais procurado pelas empresas", explicou Jorge Horta, director-geral da Autodesk Portugal, em conferência de imprensa.



Numa altura em que a exigência e a complexidade dos projectos aumenta em termos de qualidade e de cumprimento de prazos mais curtos, as empresas ligadas à área da construção civil podem tirar partido desta ferramenta que facilita a partilha de documentos online e a gestão de projectos entre equipas multidisciplinares, muitas vezes de várias empresas diferentes e em locais geograficamente dispersos.



"As soluções de CAD aumentaram a produtividade das empresas e dos projectistas, mas agora o grande desafio que se coloca é a gestão da informação relacionada com os projectos", salientou Jorge Horta. Por isso mesmo a Autodesk acrescentou mais esta componente ao seu portfólio de produtos, procurando assegurar um maior controlo e eficiência de projectos.



O Autodesk Buzzsaw está baseado na plataforma tecnológica Autodesk ProjectPoint, garantindo a colaboração de projectos através da Internet, a partilha da informação actualizada e o arquivo dos dados relevantes num único local. A segurança dos dados e a autenticação do acesso ao projecto é conseguida através de tecnologias como o HTTPS e SSL.



Em Portugal a disponibilização do serviço é conseguida através de um acordo entre a Autodesk e a Micrograf, sendo que esta última assegura a comercialização do Buzzsaw e o suporte técnico e comercial aos utilizadores. A Micrograf encarrega-se ainda do desenho e implementação da solução de colaboração de acordo com as necessidades do cliente, integração das aplicações com a infra-estrutura existente, além de tentar maximizar o retorno do investimento colocando a equipa online no menor intervalo de tempo.



Os preços do serviço estão indexados ao número de colaboradores ligados ao Buzzsaw e ao espaço de armazenamento necessário para o projecto.

Notícias Relacionadas:

2002-09-24 - Autodesk com novos produtos para mudar o mundo da Arquitectura

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.