A BBC está a desenvolver uma versão do Second Life para crianças inseridas numa faixa etária que varia entre os sete e os 12 anos. Os utilizadores terão acesso a conteúdos próprios para a sua idade e poderão criar o seu próprio mundo partilhando-o com a restante comunidade.



O objectivo é criar uma aplicação segura onde as crianças poderão dar asas à sua imaginação e criar um mundo à sua medida enquanto criam os seus próprios conteúdos audiovisuais. De forma a proteger os utilizadores, serão postos de parte os chats e transacções financeiras, como acontece na versão "original" do programa.



Richard Deverell, responsável pela área, afirma que este será um espaço onde os mais novos poderão encontrar "rádio, televisão e outros conteúdos on-demand" especialmente concebidos a pensar neles.



Considerada pela BBC Children, a divisão responsável pela iniciativa, como uma "plataforma cruzada" destinada a "uma geração que nasceu na época digital", a aplicação deverá estar disponível a partir do verão deste ano, embora o seu lançamento oficial esteja previsto para o Outono.



O valor financeiro do projecto é desconhecido e ainda está por apurar se o desenvolvimento da aplicação será feito em parceria com a Linden Lab, responsável pela criação do Second Life.

Notícias Relacionadas:

2006-11-20 - Worm atinge Second Life e motiva encerramento temporário de acessos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.