O site português de torrents BTNext está offline alegadamente desde o dia 9 de maio, depois de ter sido alvo de um ataque por parte de um pirata informático que estava descontente pela forma como a plataforma era gerida.

A informação é avançada pelo Tugaleaks que alega ter recebido informações e provas do suposto atacante. Através de um email, o pirata informático diz que o serviço de partilha de ficheiros ilegais sempre foi gerido com interesse pelas equipas (Teams) que desvalorizam o valor dos restantes membros da comunidade.

Na mensagem é ainda feita uma referência ao "Sr. Patrício", um nome que poderá ser de algum dos gestores do BTNext.

À hora de publicação deste artigo o site de torrents BTNext, que ocupa a 156ª posição no ranking nacional de sites mais visitados segundo o Alexa, continuava offline. As restantes páginas, como o fórum ou até os termos e condições do serviço, também não estão em funcionamento.

Ao que o TeK apurou o site chegou a recuperar do ataque durante o dia 11 de maio, altura em que alguns internautas portugueses conseguiram aceder ao serviço, que voltou a ficar indisponível.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.