Em mais uma iniciativa inscrita na guerra total contra o terrorismo, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, decidiu criar o cargo governamental de "conselheiro nacional para a segurança do ciberespaço".



A escolha recaiu sobre Richard A. Clarke, um antigo coordenador nacional para a segurança e protecção de infraestrutura anti-terrrorismo no National Security Council, que vê o seu novo cargo como necessário para "assegurar a protecção do ciberespaço dos EUA".



O novo responsável pela infraestrutura informática do país afirma que irá trabalhar com os líderes da indústria "para proteger o ciberespaço norte-americano de um conjunto de possíveis ameaças, desde hackers, criminosos ou grupos terroristas, às nações que pretendam fazer 'guerra-cibernética' contra os Estados-Unidos".



Richard Clarke será, assim, o responsável pelo Comité que irá coordenar a protecção dos sistemas de informação crítica do país contra o ciber-terrorismo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.