A Comissão Europeia aprovou recentemente o projecto EDRA (Agência Europeia de Registo de DOIs - Digital Object Identifier), uma iniciativa integrada no programa comunitário eContent e que conta com a participação de representantes importantes da comunidade editorial na França, Alemanha e Espanha, informou o serviço de informação sobre ciência e tecnologia da União Europeia Cordis.



O Digital Object Identifier (DOI) consiste num sistema para a identificação e troca de propriedade intelectual em ambiente digital, disponibilizando para tal uma infra-estrutura para administrar conteúdos intelectuais, para ligar clientes a fornecedores de conteúdos, bem como para facilitar o comércio electrónico e permite o controle automatizado dos direitos de autor para todos os tipos de suporte.



O recurso aos DOIs facilita e torna mais conveniente o controle da propriedade intelectual num ambiente em rede e possibilita a construção de serviços e transacções automatizadas para o comércio electrónico.



O projecto EDRA vai ser coordenado pela Associação Italiana de Editores (AIE) e tem como fim desenvolver a primeira agência multilingue e multi-aplicacional de registo de DOIs. O seu principal objectivo é criar uma agência ou uma rede de agência para o desenvolvimento de aplicações, no âmbito da produção de conteúdos em várias línguas e tendo em conta os requisitos das pequenas e médias empresas. O sistema será inicialmente promovido na Itália, Alemanha, Espanha e França mas foi concebido para alargar-se a toda a Europa.



A Fundação Internacional de DOI apoiou o desenvolvimento do EDRA e irá funcionar em parceria com o consórcio que vai liderar o projecto com vista à elaboração de propostas. O Cineca (Consórcio Interuniversitário do Nordeste Italiano para o Cálculo Automático), um consórcio tecnológico criado por 15 universidades italianas, disponibilizará o suporte técnico.



A implementação do sistema deverá ter início em Março de 2003 de forma a que em Novembro desse mesmo ano esteja já em total funcionamento uma agência. O EDRA irá oferecer à indústria europeia de conteúdos a infra-estrutura, as ferramentas de software e os serviços necessários para fornecer ao mercado o acesso a um esquema de identificação aplicável a conteúdos produzidos por diferentes sectores, em países variados e línguas diversas.



Notícias Relacionadas:

2001-11-28 - Programa eContent abre segunda fase de candidaturas


Entrevista: Dinamizar o mercado de conteúdos

Entrevista: DICON 2001 garante apoio a projectos portugueses

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.