A Deutsche Telekom anunciou ontem ter vendido cem milhões de acções da sua filial para a área da Internet T-Online a investidores institucionais por 610 milhões de euros. O preço de venda das acções foi de 6,1 euros cada, numa operação dirigida pela Goldman Sachs e pela Dresdner Kleinwort Wasserstein.



A empresa indicou que a venda, que reduz a sua posição na T-Online em 8,2 por cento - dos 81,7 para os 73,5 por cento - foi três vezes subscrita, significando que houve mais procura do que acções disponíveis.



A Deutsche Telekom afirmou também, segundo o noticiado pela Associated Press, que pretende manter pelo menos 51 por cento do fornecedor de serviços Internet.



Ao promover esta transacção a operadora alemã visa reduzir a sua dívida, que no final do terceiro trimestre se situava nos 64 mil milhões de euros. O objectivo era que a mesma se situe entre os 49 mil e os 52 mil milhões de euros em finais de 2003.


Notícias Relacionadas:

2002-08-21 - Deutsche Telekom regista prejuízos semestrais acima do previsto

2002-07-09 - Deutsche Telekom considera venda de unidade de serviços de Tecnologias da Informação

2002-05-29 - Deutsche Telekom vai despedir 22 mil funcionários nos próximos dois anos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.