A criação de um domínio Internet que identifique sites com conteúdos para adultos vai regressar à mesa de discussão do ICANN.

A proposta não é nova, tendo sido sugerida pela primeira vez em 2000 e rejeitada em 2007, num encontro do organismo responsável pela gestão dos domínios Internet que teve lugar em Lisboa.

Agora a BBC dá conta que este será um dos temas em debate na próxima reunião do ICANN, marcada para 12 de Março no Quénia.

A rejeição há três anos atrás teve sobretudo a ver com os receios do quadro de directores de que o organismo tivesse de se transformar "um polícia de conteúdos" para ver garantidas as obrigações a que estariam sujeitos este tipo de sites, referia na altura a Associated Press.

O regresso da discussão em redor do .xxx surge pouco tempo depois de ter sido publicado um estudo independente que considera a reprovação do sufixo injusta.

Os defensores do domínio de topo argumentam que a criação de um terminação .xxx servirá para definir especificamente os sites de teor pornográfico, apesar de não ser obrigatório para todos os sites dentro desta área.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.