O neologismo "entroikado" ganhou a votação online para Palavra do Ano de 2012. O termo reuniu a preferência de 32% dos votantes e teve o dobro dos votos da palavra que ficou em segundo lugar: "desemprego".

As duas palavras estão ligadas à situação económica menos favorável que Portugal viveu durante o ano de 2012, e que em parte se deveu aos compromissos estabelecidos entre o Governo e a Troika. Mesmo sem constar do dicionário, o que não faz de "entroikado" um vocábulo, o neologismo acabou por recolher a preferência dos internautas.

No site da iniciativa pode ler-se que a palavra vencedora e que agora consta do dicionário online da Porto Editora, é "um excelente exemplo da produtividade da língua portuguesa: juntando um elemento à esquerda e outro à direita de “troika” nasce um novo vocábulo".

Em terceiro lugar ficou a palavra "solidariedade" (12%), seguida dos termos "bosão" (11%), "manifestação" (9%), "cortes" (8%) e imposto (4%). "Refundar" também com 4%, "democracia" com 3% e "TSU" com 2%, fecham a lista das palavras que marcaram o ano de 2012.

Os vocábulos foram escolhidos por uma equipa do Departamento de Dicionários da Porto Editora, entidade que promove desde 2009 a votação para a Palavra do Ano. Em 2011 o termo "austeridade" foi eleito como palavra do ano.

A título de curiosidade, em 2012 os norte-americanos escolheram o formato "GIF" como palavra do ano, muito por causa do reaparecimento e do sucesso que este tipo de imagens teve nos últimos meses.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.