Milhares de tweets com links para sites com vírus foram lançados utilizando frases alusivas ao Natal, alerta a Panda, que lembra que esta é uma época em que os hackers aproveitam o espírito natalício para difundir malware. "Nobody cares about Hanukkah" ou "Shocking video of the Grinch" estão entre os tweets a evitar.

As contas do Twitter usadas para difundir estas mensagens, que contêm links para sites com código malicioso, terão sido criadas propositadamente para este fim, diz a empresa de software de segurança.

Os hackers recorrem a técnicas de optimização de resultados em motores de busca (Black Hat SEO), aproveitando-se dos tópicos mais populares nesta época para posicionar as suas campanhas de distribuição de malware.

Quem clica no link é reendereçado para uma página que infecta os sistemas com falsos codecs, explorando uma falha de segurança em ficheiros PDF que tenta enganar os utilizadores levando-os a crer que o download é necessário. O que é transferido é um Trojan que aproveita a boleia para carregar outros tipos de malware para o computador.

Um dos exemplos de tweets com problemas é o apontado na imagem abaixa, cedida pela Panda.

[caption]tweet[/caption]

A Panda avisa que, para além dos tópicos de Natal, no top dos temas mais usados pelos hackers está também o Festival Sundance, a campanha contra a SIDA, a Carling Cup e tweets acerca do actor Morgan Freeman.

"O Facebook e o Twitter são frequentemente explorados com fins maliciosos, dado o seu número crescente de utilizadores e a falsa sensação de segurança que transmitem na publicação de conteúdos nestes meios. É por este motivo que o número de cliques, e consequentemente de infecções, é tendencialmente muito elevado", explica Luis Corrons, Director Técnico do PandaLabs, em comunicado.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.