O Facebook tem quase 2,5 mil milhões de utilizadores, mas a empresa acredita que é no impacto local que reside boa parte do seu potencial. É por isso que, esta semana, a empresa anunciou que vai dar aos governos locais e aos serviços de socorro a possibilidade de, através da rede social, alertarem as suas comunidades durante uma emergência.

Atualmente, a plataforma já oferece ferramentas como o Safety Check, que permite que os utilizadores se registem como seguros durante uma catástrofe ou incidente, ou o Community Help, que permite agilizar ajuda comunitária nestes mesmos casos. Doravante, a empresa explica que, quando uma página governamental ou um serviço de socorro identificar uma publicação como sendo um "alerta local", o post será amplificado para impactar todos os seguidores, não só através do feed, mas também com notificações.

Os utilizadores que não seguirem estas páginas também poderão ser impactados através da secção de notícias da rede social.

As entidades elegíveis para receber esta funcionalidade podem já submeter uma candidatura.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.