Da mesma forma que hoje é possível reagir rapidamente a uma publicação no mural da rede social, o Facebook quer que seja possível fazer o mesmo no serviço de mensagens associado, o Messenger. Durante anos a reação possível às publicações no mural era um “gosto”.

Há cerca de um ano a empresa introduziu mais opções. Agora também é possível adorar, rir, mostrar surpresa, tristeza ou ira, botões utilizados mais de 300 milhões de vezes desde que foram lançados, segundo números oficiais. Mas a reação mais pedida, ou que é pelo menos a ausência mais notada, continua sem figurar das opções de reação às publicações no mural. A opção não gosto.

No leque de opções que o Facebook apresentou agora a alguns utilizadores do Messenger surgem as mesmas possibilidades que já podem ser usadas para reagir a publicações no feed, mais a opção "não gosto", assinalada por um polegar esticado a apontar para baixo.

A opção na verdade está já disponível para quem a queira usar na lista de emoticons que o utilizador pode escolher para “animar” as conversas que vai mantendo no serviço de mensagens instantâneas. Se vier a figurar de uma nova barra de opções, a principal diferença é que fica acessível de forma mais fácil e torna-se um elemento de catalogação de cada publicação, como acontece quando uma reação é usada para reagir a uma publicação. Ou seja, numa conversa onde participam várias pessoas a reação vai ficar associada à mensagem que a provocou e se um dos intervenientes na conversa tocar no respetivo item consegue ver quantas vezes cada reação foi desencadeada pela frase e quem a teve.

A informação sobre o teste desta nova funcionalidade foi avançada pelo Tech Crunch, que foi informado da novidade por um utilizador. Contactada, a rede social confirmou a informação mas explicou que está sempre a testar novas funcionalidades e que isso não significa que tenha intenções de as lançar em versão final.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.