A divisão de investigação e desenvolvimento da France Telecom está a realizar uma experiência piloto com uma tecnologia de banda larga sem fios que pretende utilizar para cobrir as regiões franceses onde não pode chegar através de ADSL.



Os objectivos da operadora, definidos no ano passado, preconizavam a cobertura de 90 por cento da população com ligações de alto débito, algo que não conseguirá fazer utilizando apenas o ADSL, sobretudo nas zonas de difícil acesso ou população dispersa.



Para colmatar estas dificuldades a unidade de investigação francesa associou-se à Direcção Regional da Bretanha para testar uma tecnologia que resulta da combinação de Wireless IP e Wi-Fi, permitindo aos clientes do Val-de-Rance, nas Côtes d'Armor, beneficiar de uma ligação de alto débito.



"Esta tecnologia de acesso rádio (WIP) permite a uma estação base comunicar através de uma ligação de alto débito com vários pontos Wi-Fi localizados num raio de 15 quilómetros", explica um comunicado.



Para beneficiar do serviço, os consumidores terão de dispor de uma antena receptora e um modem. Ainda em comunicado, a France Telecom refere que as principais vantagens desta tecnologia têm a ver com as possibilidades de alocação dinâmica de débito em função das necessidades do utilizador e ausência de atrasos na transmissão.



A operadora adianta ainda que está atenta às soluções que permitam fornecer serviços de Internet de alta velocidade sem fios e exemplifica com o WiMax que deverá ter standard definido nos próximos meses e estar disponível para comercialização em 2005.



Notícias Relacionadas:

2004-02-04 - Clix testa alternativa ao ADSL através de rede UMTS da Optimus

2004-01-02 - Telefónica lança banda larga por satélite em modalidade bidireccional

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.