Numa reunião do G8 que ontem decorreu em Munique, sob a presidência alemã, os ministros do interior e da justiça dos oito maiores países defenderam que é necessário envolver as entidades privadas na luta contra a pedofilia na Internet. O combate à proliferação da exploração sexual na rede deve ser aumentado mas os Governos não podem agir sozinhos, conclui-se.

O grupo dos oito, que integra a Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão, Reino Unido e Rússia apelam agora ao envolvimento de diversas entidades privadas, entre as quais os fornecedores de serviços de acesso à Internet, profissionais de TI e instituições financeiras.

"As crianças precisam de ser especialmente protegidas contra os abusos na forma de produção e disseminação de pornografia infantil. Os meios electrónicos permitem a disseminação de pornografia infantil em grande escala no espaço de segundos", diz uma declaração dos ministros do interior e da Justiça do G6 na sequência da primeira sessão de trabalho da conferência que se realiza na primeira semana de Junho.

Por isso mesmo Brigitte Zypries, ministra da Justiça alemã, acrescenta no mesmo documento que foi acordado que para combater esta proliferação das ofensas +e preciso estabelecer de forma definitiva e universal que uma criança é uma pessoa com menos de 18 anos e é preciso incluir neste campo também a pornografia infantil virtual, garantindo punições efectivas.

O caso de Madeleine McCann, a criança inglesa que desapareceu este mês no Algarve foi usado por Brigitte Zypries como um exemplo da necessidade de cooperação internacional, cita a agência Reuters.

Os esforços para combater a pornografia infantil, a pedofilia e a troca de informações e imagens sobre exploração sexual de crianças na Internet estão a ser conduzidos a vários níveis e o G8 tem vindo a trabalhar com a Interpol, tendo criado uma base de dados internacional de imagens de crianças que pretende ajudar as forças policiais na identificação das vítimas.

Notícias Relacionadas:

2007-04-17 - Imagens de pedofilia na Internet crescem em número e violência

2005-07-15 - PJ elimina rede de pedofilia em Portugal que recorria a tecnologia P2P
2005-06-17 - G8 quer base de dados internacional para combater pedofilia

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.