A Google anunciou que vai implementar um conjunto de novas regras de funcionamento com o objectivo de melhorar as garantias de privacidade dos seus utilizadores. Assim, a empresa de Internet compromete-se a remover a cada período de 18 a 24 meses informação recolhida nas pesquisas dos seus utilizadores e que podem conduzir à sua identificação.



O prazo definido pela Google vai de encontro aos limites temporais que a legislação está a impor para a manutenção de dados em vários países e dá, pela primeira vez, indicação sobre o período temporal em que a empresa mantém dados relativos às pesquisas efectuadas pelos seus utilizadores.



As medidas visam fornecer garantias de anonimato aos utilizadores do motor de pesquisa mais visitado em todo o mundo e prevêem a remoção não de toda a informação relativa às pesquisas efectuadas no motor de busca, mas de partes essenciais dessa informação que pudessem contribuir para identificar o utilizador.



A medida teve boa aceitação por parte das organizações de defesa dos internautas que a consideram um sinal positivo de respeito pelos direitos do utilizador. "Este é um desenvolvimento extremamente positivo que vem na linha do que temos advogado ao longo dos últimos anos", Ari Schwartz, director do centro de Democracia e Tecnologia.



No âmbito do novo código de conduta a empresa vai também passar a dissimular parte do endereço IP que identifica a origem específica de um determinado requisito de pesquisa e a despersonalizar cookies, escondendo ficheiros que permitam aos sites identificar as preferências dos seus visitantes.



As medidas da Google surgem depois de vários incidentes registados ao longo do ano passado com a gestão de dados de clientes, envolvendo nomes como a AOL, por exemplo.



Notícias Relacionadas:

2007-02-21 - Falha no Google Desktop pode ter exposto informação pessoal de utilizadores

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.