O Google passou a disponibilizar um agregador de notícias em português que recorre a mais de 200 fontes internacionais. O agregador replica para Portugal um serviço que já está disponível para vários países do mundo e que a empresa designa por Google News, lançado originalmente há cerca de três anos.



As notícias disponíveis repartem-se por órgãos de comunicação portugueses e brasileiros, já que o serviço foi lançado em simultâneo para os dois países e usa as mesmas fontes de informação, onde se incluem os principais jornais e revistas de tiragem nacional, mas também publicações regionais.



A pesquisa de notícias é compilada "unicamente por algoritmos de computador", mas a selecção dos temas destacados é da responsabilidade de editores humanos, sendo essa a principal diferença entre as duas versões, a organização dos temas destacados em cada uma das sete secções disponíveis.



A versão portuguesa do Google News replica o conjunto de funções de personalização disponíveis nas restantes versões, permitindo que o utilizador personalize a página e crie as seus próprias secções ou misture secções dos 24 serviços noticiosos regionais disponíveis hoje em dia. As notícias são actualizadas a cada 15 minutos e para cada destaque estão relacionadas todas as peças escritas sobre o mesmo assunto.



Notícias Relacionadas:

2005-03-22 - Google News exclui AFP reagindo ao processo judicial levantado pela agência

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.