A Google "expulsou" dos resultados das pesquisas feitas no seu motor de busca cerca de 11 milhões de sites, todos com o subdomínio "co.cc", alegando que estes constituem uma elevada fonte de spam.

Segundo a gigante das pesquisas, só na última metade do ano passado, cinco mil ataques de phishing terão tido origem em sites alojados no referido subdomínio.

O motivo prende-se com o facto de os titulares destes domínios oferecerem alojamento gratuito ou a muito baixo custo, explica a Google no blog oficial do serviço.

O subdomínio pertence a uma empresa coreana, que tem 11.383.736 domínios registados, de mais de cinco milhões e meio de contas activas. A Google esclareceu que a medida não afecta sites com o domínio ".cc", pertencente às ilhas Cocos, no Oceano Índico.

De acordo com os registos da empresa, 4.963 ataques de phishing, destinados a atrair os internautas para esquemas enganosos, terão tido origem em sites terminados em ".co.cc", o que corresponde a quase o dobro deste tipo de ameaças procedentes de outros.

A empresa avisou que modificou recentemente o seu sistema de filtragem de malware para identificar subdomínios que estejam a ser usados de forma abusiva e em casos muito graves, os sistemas poderão mesmo bloquear todo o domínio.

Nota da Redacção: Foi corrigida uma referência errada na notícia.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.