Hackers tentaram ontem entrar nos sites do Ministério das Finanças, Administração Interna e da PSP. O ataque terá sido realizado em solidariedade com grupos anarquistas portugueses participantes na manifestação dos indignados. Segundo o Público, o ataque foi da autoria de um grupo do sul da Europa.



Contudo, no perfil do Twitter do Lulzsec Portugal, uma espécie de filial do grupo hacktivista que esteve envolvido nos ataques à Sony na primeira metade do ano, também há referências ao assunto.



O grupo anunciava um ataque de negação de serviços (DDoS) para ontem à noite. O Portal das Finanças era apontado como a primeira vítima. Algumas horas depois iniciou-se o ataque ao site da PSP.



"O alvo será mudado para a psp devido às detenções nas manifestações. Ataque ao portal das finanças, terminado. Duração: 2 horas", indica uma entrada no Twitter. No perfil do grupo não há referências a qualquer ataque ao Ministério da Administração Interna como também aponta o Público.



O diário escreve ainda que a tentativa de ataque foi detetada rapidamente pela Unidade de Tecnologias de Informação e Segurança do Ministério da Administração Interna, pelo que acabou por não ter impacto relevante.



A Portugal Telecom terá sido também chamada a apoiar a prevenção do ataque, implementando medidas que limitassem o acesso aos respetivos sites.



Os Indignados manifestaram-se ontem em frente à Assembleia da República, numa ação que acabou por resultar em confrontos com a polícia. Daí resultaram ferimentos num polícia e num fotógrafo e sete detenções.



O grupo manifestava-se no âmbito da greve geral que decorreu também ontem.



A PSP responde entretanto ao TeK que "durante o dia de ontem não foram reportadas à PSP, quaisquer anomalias no nosso site institucional".



"Conforme pode verificar-se no site da PSP, utilizamo-lo para disponibilizar, no dia de ontem, informações sobre constrangimentos de trânsito que se verificariam por ocasião das manifestações e colocámos a informação relativa à sinistralidade rodoviária".



A mesma nota acrescenta que, durante o dia de ontem o site "foi acedido por cerca de 4.000 utilizadores [...] o que está em linha com a realidade dos últimos meses".



Nota de redação: Notícia atualizada com um comentário da PSP.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.