As autoridades francesas já emitiram 400.000 mil avisos desde que a Hadopi começou a ser aplicada, em Outubro do ano passado. O número, no entanto, está muito longe dos objectivos traçados inicialmente.

A lei contra o download ilegal previa o envio de 10.000 avisos diários, e embora as sociedades de gestão dos direitos estejam a remeter às autoridades 50.000 endereços IP para identificação, o envio do primeiro email de aviso aos prevaricadores está a realizar-se a um ritmo muito mais lento.

Recorde-se que se o endereço voltar a constar da listagem, será enviado um segundo aviso por carta registada. Ao terceiro aviso, os internautas arriscam o corte da ligação à Web e uma multa de 1.500 euros.

Até agora, apenas 3.500 pessoas terão recebido o segundo aviso e só "poucas dezenas" o terceiro, refere o Le Fígaro, mas sem que nenhuma delas tenha sido chamada a comparecer diante do juiz encarregue de supervisionar o sistema, que admite que o procedimento é "rústico e pouco automatizado".

O próprio Sarkozy admitiu, há poucas semanas, o fracasso da legislação, embora avise que a lei só muda se for encontrada uma alternativa "que proteja a justa retribuição dos criadores".

Nota de Redacção: Corrigida informação relativamente ao número de endereços IP entregues às autoridades para identificação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.