A IBM aumentou a sua presença no Second Life ao integrar mais representantes de vendas da empresa, pertencentes às divisões de Singapura, Malásia e Austrália, no Centro de Negócios da companhia na plataforma virtual.



Esta equipa prestará suporte aos parceiros daquelas regiões assim como aos provenientes da Nova Zelândia, durante 24 horas por dia, sete dias por semana, à semelhança do que já acontece no caso dos restantes representantes integrados no centro.



Esta medida, no entender de Maggie Blayney, directora de inovação e estratégia global da IBM citada pela Reuters, está relacionada com o "início de uma grande transformação" no que diz respeito à relação das pessoas com a Internet, sendo a redes sociais um exemplo disso.



O Centro de Negócios virtual da IBM foi criado em Maio e conta com seis áreas: recepção, centro de vendas, biblioteca para suporte técnico, centro de inovação, espaço de encontros com cliente e sala de conferências.



Desde que foi inaugurado, o centro já recebeu a visita de 10 mil internautas que procuraram aprender, colaborar, obter informações ou comprar algo. Apesar de bem sucedido este espaço ainda fica longe dos 250 milhões de visitas obtidas pelo site da empresa. Contudo, o objectivo da IBM não é substituir a página online, mas sim "integrar e complementar" as duas ofertas, referiu Maggie Blayney.




Notícias Relacionadas:

2007-07-27 - Colaboradores da IBM com avatars em mundos virtuais vão seguir código de conduta

2006-11-10 - IBM reforça estratégia de virtual-business com investimento de 10 milhões de dólares

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.