Depois de um tribunal federal do distrito de Illinois, Estados Unidos, ordenar a retirada do domínio spamhaus.org da Internet, por a organização anti-spam não liquidar a coima de 11,7 milhões de dólares, imposta pelas autoridades, a Internet Corporation For Assigned Names and Numbers (ICANN) anuncia agora, em comunicado, que não tem qualquer autoridade para suspender o referido endereço.



A organização responsável pelos domínios na Web, refere que na maioria dos casos apenas a entidade com quem as empresas têm contracto de registo podem efectuar a suspensão do domínio.



O registo do domínio spamhaus.org é da responsabilidade da Tucows, cuja sede está localizada no Canadá, pelo que, se o ICANN conseguir convencer o tribunal que não tem o poder de exercer qualquer tipo de suspensão, a decisão final será transferida para a empresa canadiana.



A suspensão do domínio surgiu no seguimento de um processo judicial instaurado pela e360insight, que acusa a Spamhaus de incluir o nome da organização na sua lista de spammers. Depois de ignorar a multa, o tribunal ordenou a suspensão do domínio da entidade britânica que se recusa a pagar a coima referindo que as decisões dos tribunais norte-americanos não têm jurisdição no Reino Unido.

Notícias Relacionadas:

2006-10-12 - Suspensão do domínio da Spamhaus pode gerar aumento de spam na Internet

2006-10-06 - EURid levanta suspensão de 74 mil domínios ".eu" por ordem do tribunal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.