O Liberty Alliance Project anunciou ontem a formação de um grupo que irá dedicar-se em exclusivo às questões do roubo de identidade online. O objectivo da iniciativa é evitar a propagação deste tipo de crimes "agindo em várias frentes numa perspectiva de colaboração aberta e num ambiente neutral", detalha um comunicado.



O grupo de prevenção ao roubo de identidade propõe-se a trabalhar de forma aberta por forma a identificar os problemas e encontrar soluções, seja "através do desenvolvimento de especificações técnicas, definição de best practices ou alinhamento de linhas de actuação para as empresas", diz o mesmo comunicado.



O LAB é um consórcio que reúne mais de 150 organizações entre empresas, agências governamentais e organizações de consumidores que se ocupa do desenvolvimento de standards de identificação abertos para web services com base na identidade. Tendo em conta as competências dos membros do grupo este considera-se "com um conjunto único de recursos educacionais e know-how técnico para endereçar a questão do roubo de identidade em toda a sua complexidade". Da história da organização faz aliás parte uma longa lista de recomendações neste campo e vários trabalhos de prevenção do fenómeno.



De acordo com números apresentados pelo grupo, recolhidos pela Forrester, 9 por cento dos consumidores online americanos, cerca de 6 milhões, já foram vítimas de roubo de identidade e hoje em dia apenas 21 por cento desses consumidores consideram seguro usar o seu cartão de crédito para transacções online.



Notícias Relacionadas:

2005-05-26 - Dados de clientes de bancos nos Estados Unidos envolvidos em mega fraude

2005-03-30 - Ataques de phishing crescem ligeiramente em Fevereiro

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.