O alerta é deixado por uma das principais organizações não governamentais dedicada à identificação e relato às autoridades de conteúdos digitais de pornografia infantil. No ano passado a Internet Watch Foundation identificou 250 mil sites com conteúdos deste tipo. A ONG teme que, em breve, os conteúdos criados através de inteligência artificial assumam um peso massivo neste universo.

As imagens de pornografia infantal criadas por inteligência artificial não eram até agora um alvo concreto das pesquisas da IWF, mas passaram ser desde maio e já foram identificadas várias galerias de imagens realistas, criadas a partir de IA, partilhadas pelo mundo interiro.

Desde 24 de maio até final de junho, a ONG investigou 29 sites por suspeitas de publicação deste tipo de conteúdos e confirmou que sete partilhavam conteúdos de pornografia infantil criados a partir de IA. O número exato de imagens identificadas não foi revelado, mas a organização admite que muitas são de categoria A - muito explícitas.

Os investigadores da organização relatam também registos de conversas em fóruns entre predadores, com dicas para enganar os programas de IA, que na maioria têm filtros para evitar a criação de conteúdos que aludam a um conjunto de palavras proibidas. Os colaboradores da IWF têm encontrado também conversas sobre como descarregar software open source e alterá-lo para remover estes filtros.

O volume de imagens com esta origem ainda não é grande, comparado com o das imagens captadas através de câmaras e com crianças reais, mas tem vindo a crescer e a IWF tem encontrado vários indícios de que essa tendência vai intensificar-se. Defende por isso que a hora de agir é agora.

"Não estamos a encontrar este tipo de imagens ainda em grande número, mas é claro para nós que existe potencial para os criminosos produzirem quantidades sem precedentes de imagens realistas de abuso sexual de crianças", alerta Susie Hargreaves, diretora executiva da ONG, em declarações à BBC.

A responsável destaca a importância de preparar o terreno para um problema que tem tudo para assumir grandes proporções e diz que isso implica adequar a legislação a estes novos desafios, prevendo a utilização de recursos de IA para este fins. Outros especialistas sublinham a importância de uma abordagem global a este assunto, porque os desenvolvimentos da IA são também globais. Implementar medidas num país, não vai travar o que está a ser feito noutros.

A BBC diz que falou ainda com um especialista em criação de imagens a partir de programas de IA - imagens sexualizadas de pré-adolescentes - que preferiu destacar o contributo positivo da IA, para este o mundo da pornofrafia infantil. O japonês enfatizou que a tecnologia está a permitir criar conteúdos, que de outra forma só podem surgir na sequência de um abuso.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.