A Cimeira que reuniu em Deauville os líderes dos países mais poderosos do mundo já produziu resultados, no papel, com a divulgação da habitual declaração dos líderes.



Com espaço de destaque nas conclusões, os líderes assumem que a Internet é hoje algo "essencial para as sociedades, economias e crescimento", como aliás demonstrou a existência de uma espécie de Cimeira preparatória nos dias 24 e 25 de Maio, por onde passaram os lideres de algumas das mais relevantes empresas do mundo digital.



Na declaração que sai de Deauville reconhece-se a importância deste encontro e as conclusões que daí saíram, como contributo de relevo para o encontro que hoje termina.


Um dos temas retomados pelos líderes do G8 é a questão da propriedade intelectual, com o grupo a reconhecer que é preciso melhor esforços e leis para proteger a propriedade intelectual na Internet, em particular os "direitos de autor, as marcas registadas, os segredos empresariais e as patentes".


Os líderes comprometem-se ainda a encorajar o uso da Internet como uma ferramenta facilitadora da participação democrática e do respeito pelos direitos humanos, por todo o mundo.


Fica ainda assinalado na declaração, que para conseguir a confiança dos utilizadores na Internet é preciso garantir uma efectiva protecção dos dados pessoais e da privacidade, esclarecendo-se que esta consciência deve ser trabalhada junto de utilizadores, fornecedores de serviços, governos e reguladores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.