O serviço LinkedIn vai conhecer, durante o próximo semestre, versões em espanhol e em português. O anúncio foi feito por Florência Pettigrew, directora internacional de marketing da rede social para América Latina, em entrevista ao IDG Brasil.




A primeira versão alternativa à inglesa será a espanhola, que surgirá na primeira semana de Agosto. A versão portuguesa é esperada para mais próximo do final do ano.




Dos 23 milhões de utilizadores da rede de contactos profissionais, perto de um milhão estão na América Latina, o que, segundo Florência Pettigrew, justifica o investimento da empresa na região.




Sem revelar números, a responsável adiantou que o Brasil é o país sul-americano mais activo na rede. Já a Universidad de Buenos Aires aparece como a instituição de ensino mais popular do serviço, seguida pela Universidade de São Paulo (USP), a Pontifícia Universidade Católica (PUC), a Macenzie e a Fundação Getúlio Vargas.




Notícias Relacionadas:
2007-10-31 - Google prepara plataforma de desenvolvimento de widgets

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.