A Web Summit é um evento de referência, nas áreas da tecnologia, do empreendedorismo e da inovação. A edição do próximo ano deve acolher 40 mil participantes, uma estimativa apresentada pelo vice-primeiro ministro Paulo Portas, citado pelo Observador, com o anúncio de vitória da candidatura portuguesa. A conferência terá lugar no Meo Arena e na Feira Internacional de Lisboa. 

A decisão da organização foi favorável à candidatura portuguesa, feita pela Associação de Turismo de Lisboa, pelo Turismo de Portugal e pela AICEP, com o apoio do Governo e da Câmara de Lisboa, e garante a organização do evento em Lisboa não apenas no próximo ano, mas também nos dois anos seguintes. 

O acordo estabelecido com a organização do evento, que até à data sempre se realizou na Irlanda, deixa ainda em aberto a possibilidade da Web Summit continuar em Lisboa por mais dois anos, para alem dos três já definidos.

Além dos 40 mil visitantes esperados, devem passar pela Web Summit de 2016 e por Lisboa 650 oradores, mais de duas mil empresas e cerca de um milhar de investidores. A organização do evento vai garantir apoios do Estado português na ordem dos 1,3 milhões de euros. 

Esta manhã em Lisboa o presidente da Comissão Executiva da Web Summit explicou porque escolheu a capital portuguesa: "escolhemos Lisboa por causa das boas infra-estruturas, o incrível local que acolherá o evento e da crescente comunidade startup. Estamos ansiosos por trabalhar com a comunidade empresarial de Lisboa", referiu Paddy Cosgrove, citado pelo Jornal de Negócios.

A edição de 2015 da Web Summit ainda decorre em Dublin, entre 3 e 5 de novembro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.