O ex-consultor informático da CIA e delator dos programas de espionagem secretos dos EUA, Edward Snowden, recebeu um ano de asilo político na Rússia. Ao informático têm chegado várias propostas - incluindo de casamento -, mas para o caso interessa a oferta de emprego que chegou da VKontakte (VK), a maior rede social russa.

"Convidamos o Edward para o escritório de São Petersburgo e vamos ficar entusiasmados se ele decidir juntar-se à nossa equipa estelar de programadores", escreveu o fundador da rede social, Pavel Durov. O criador da VK diz que a sua empresa é a tecnológica de Internet mais popular na Europa e que o ex-consultor da CIA pode estar interessado em proteger a informação de milhões de utilizadores.

O CEO da VKontakte, escreve o The New York Times, aproveitou ainda para dar uma alfinetada aos EUA ao dizer que estava triste com a atuação política que o país teve neste caso.

O asilo político concedido pela Rússia dá a possibilidade aos asilados de poderem trabalhar no país, daí a proposta da rede social. A VK terá mais de 200 milhões de utilizadores registados e 47 milhões de utilizadores diários.

A "sociedade online" da Rússia também reagiu ao anúncio da concessão de um ano de asilo político, alguns elogiando a medida, outros ironizando ao dizerem que um "bufo" ficar na Rússia é o maior dos castigos que pode conhecer.

Edward Snownden foi a pessoa que divulgou o PRISM e o XKeyscore, dois programas de espionagem norte-americanos que colocam em causa a privacidade das pessoas na utilização de serviços online.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.