(Corrigida) No último mês de Dezembro mais de mil milhões de pessoas navegaram na Internet, com a região da Ásia-Pacífico a dominar os acessos. Números divulgados pela comScore mostram que os utilizadores de Internet desta zona do globo representaram quase metade da audiência da Internet no mês passado (41 por cento), com a China a liderar, graças aos 180 milhões de utilizadores que estiveram online, quase 18 por cento do total.

A Europa foi a segunda região do mundo com mais utilizadores a aceder à Internet no mês do Natal, 28 por cento do total de acessos. Só no terceiro lugar surge a América do Norte com 18 por cento da audiência online contabilizada. As regiões da América Latina e do Médio Oriente e África foram as únicas a contribuir com valores abaixo dos 10 por cento para o estudo, respectivamente, 7 e 5 por cento da audiência online do mês passado.

É no entanto de sublinhar que, enquanto país, os Estados Unidos surgem à frente da Europa com 16,2 por cento da população online. A melhor posição europeia é da Alemanha com 3,7 por cento da população online em Dezembro.

A rede de sites ligados à Google manteve-se na liderança, sendo o destino mais procurado pelos utilizadores quando vão à Internet. A comScore registou 777.9 milhões de visitas, mais do que as contabilizadas aos sites da Microsoft, onde foram contabilizados 647.9 milhões de visitantes. A Yahoo surge em terceiro lugar conseguindo cativar 562,6 milhões de visitantes.

Magid Abraham, CEO da comScore, comenta os números reconhecendo que "ultrapassar os mil milhões de utilizadores é uma marca significativa na história da Internet". A responsável acredita que atingir os próximos mil milhões será bastante mais rápido.

[caption]Gráfico Internet[/caption]

[caption]Gráfico Internet[/caption]

Nota de redacção: O segundo quadro da notícia foi corrigido. A primeira das duas referências ao Reino Unido estava incorrecta e foi substituida por Estados Unidos, país a quem diz respeito os dados publicados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.