Na área do armazenamento cloud a Microsoft tem um objetivo: tornar o OneDrive no serviço mais usado. E a empresa pode ter acabado de dar um passo decisivo para essa ambição. Nos próximos meses, todos os subscritores de uma versão do Office 365 vão ter armazenamento ilimitado no OneDrive.



Office 365 Home, Personal ou University são as três versões contempladas. No caso do Office 365 Home os utilizadores têm de pagar 99 euros por ano de subscrição – que em breve vai então garantir armazenamento ilimitado. Olhando para um rival, o Google Drive por exemplo, é fácil perceber que por um valor semelhante a Google "só" disponibiliza 1 Terabyte.



A transformação para contas ilimitadas vai acontecer ao longo dos próximos meses e de forma gradual, pelo que é possível entender de acordo com os relatos da imprensa internacional. Mas os interessados podem optar por inscreverem-se no programa de antevisão.



A Microsoft coloca assim grande pressão na concorrência, restanto saber como a Google e a Dropbox vão responder à iniciativa da tecnológica rival. No caso da Google a luta faz-se de forma mais equilibrada visto que a gigante dos motores de busca também disponibiliza uma suite de produção de documentos.



E por falar em pressão, a Microsoft também já a tinha colocado hoje, 27 de outubro, noutro segmento de mercado ao anunciar que a Xbox One vai ser vendida a partir de 350 dólares e em alguns casos vai trazer dois jogos incluídos. Uma “batata quente” à qual a Sony e a Nintendo também terão de saber responder.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.