O maior mercado do Netflix é o norte-americano onde a tecnológica tem 40 milhões de subscritores. Não é por isso de estranhar que o serviço seja responsável por 33% do tráfego consumido pelos utilizadores de Internet durante os períodos de pico registados pelos operadores de telecomunicações.

Tentar reduzir o tráfego de dados ao mesmo tempo que preserva a qualidade de imagem é um objetivo que a empresa tem tentado alcançar nestes últimos quatro anos. E de acordo com uma reportagem da Variety, a gigante norte-americana está pronta para dar esse passo.

Através de várias estratégias, o Netflix pode consumir até menos 20% de tráfego de Internet. Como?

Em primeiro ligar a empresa vai fazer uma diferenciação entre conteúdos: desenhos animados e grandes produções de Hollywood, por exemplo. Isto porque os desenhos animados, devido ao aspeto mais estilizado, não exigem tanta capacidade de recodificação.

Graças à nova tecnologia que está a ser desenvolvida, o Netflix consegue transmitir um episódio da animação My Little Pony em Full HD com um bitrate de 1,5Mbps, contra os 5.800Kbps usados atualmente.

Mas também aqui a empresa está a fazer melhorias. O exemplo dado pela Variety foi mesmo colocado em prática: dois televisores, lado a lado, transmitiam o mesmo filme - um com um bitrate de 4.640Kbps, outro a 5.800Kbps; quem conseguisse encontrar diferenças na qualidade de imagem levava para casa uma garrafa de champanhe. No final não houve champanhe para ninguém.

Isto porque ninguém encontrou diferenças. Mesmo baixando o bitrate, a Netflix descobriu uma forma de manter a mesma qualidade e definição no vídeo.

Por fim, para obter a redução no consumo de tráfego de Internet, cada episódio será transmitido de forma diferente para os utilizadores, pois tal como há diferenças entre desenhos animados e filmes com efeitos especiais, o estilo entre episódios da mesma série também significa diferentes graus de recodificação.

Agora o grande desafio para a tecnológica norte-americana passa por aplicar este processo a todo o catálogo de conteúdos que já tem disponíveis - e de acordo com a Variety, estas mudanças vão acontecer longe dos olhos do grande público, enquanto todos estão a dormir.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.