SecureCode é um novo cartão para as compras electrónicas dado hoje a conhecer pela MasterCard International. A nova solução funciona tanto em transacções de crédito como de débito e está agora a ser introduzido em todo o mundo.



A marca registada MasterCard SecureCode será activada nos sites dos comerciantes e dos emissores de cartões aderentes e disponibilizada em materiais educacionais fornecidos pelos bancos aos titulares dos seus cartões, explica a MasterCard em comunicado enviado à imprensa.



A instituição financeira defende que a solução SecureCode assegura uma maior protecção contra o risco de fraude através da utilização dos números das contas de débito e de crédito dos utilizadores na Web. Segundo a MarterCard, os cibercompradores vão ter benefícios na medida em que serão os únicos a aceder ao seu SecureCode pessoal, a chave para usar o seu cartão na Internet.



Para utilizar o MasterCard SecureCode, os consumidores terão de seleccionar os seus SecureCode privados através da Internet ou do telefone, de acordo com as indicações da entidade emissora do seu cartão. O código é gerido pela entidade emissora e nunca é partilhado com os comerciantes.



Muito semelhante ao processo de autenticação solicitado pelo ATM, o MasterCard SecureCode requisita aos titulares do cartão que insiram o seu código pessoal numa janela do PC antes de poderem completar a transacção online. "Com este requisito extra, os consumidores podem estar confiantes de que as suas contas estão protegidas e tanto os emissores dos cartões como os comerciantes têm a maior garantia acerca da identidade de quem está a realizar a transacção" pode ler-se no comunicado da MasterCard, que espera contribuir para a redução de fraudes online. O sistema é muito semelhante nesta definição ao utilizador pelo MBnet da SIBS.



O SecureCode utiliza o Universal Cardholder Authentication Field (UCAF), uma plataforma da MasterCard de garantia de pagamento aos comerciantes online através da apresentação, recolha e transição da informação que permite autenticar o titular do cartão.



Segundo a MasterCard, os comerciantes online aderentes à nova solução deixarão de ser responsabilizados pela devolução em caso de processos de não autorização do titular do cartão caso o SecureCode tenha sido utilizado. Devoluções desta natureza representam, actualmente, cerca de 84 por cento de todas as devoluções em transacções online, adianta a MasterCard.



A MasterCard está a trabalhar em conjunto com entidades processadoras de pagamentos online, tais como a VeriSign, a WorldPay, entre outros, na disponibilização da solução SecureCode aos comerciantes online em todo o mundo.



Notícias Relacionadas:

2002-05-21 - SIBS e Unicre lançam nova versão do MBNet

2001-11-21 - MasterCard e Europay ultrapassam os 100 milhões de smart cards emitidos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.