A criação de novos top level domain (TLD), votada favoravelmente pela Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN) durante a semana passada, comporta um risco muito grande para a estabilidade da Internet, na opinião de Hartmut Glaser, da CGI.br, tendo sido aprovada por uma mera questão de "negócio".




Para o director da entidade gestora do domínio Internet no Brasil, que participou hoje na conferência "Domínios Internet - Perspectiva Luso-Brasileira", a convite da Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN), os novos domínios vão gerar "muita bagunça". "Hoje temos uma estrutura hierárquica, e com as alterações vamos ter uma estrutura quase flat", referiu durante a sua intervenção.




Hartmut Glaser espera que o sistema ainda demore algum tempo a ser implementado, "o que talvez dê tempo para controlar o processo de uma melhor forma".




A opinião é partilhada por Pedro Veiga. "A criação de GTLD novos pode realmente ser um risco para a estabilidade da Internet", referiu ao TeK, à margem da conferência. O presidente da FCCN acha que se deviam criar, no máximo, 50 a 100 domínios novos. "Além dos problemas de estabilidade técnica da Internet que se podem gerar, o surgimento de inúmeros domínios novos será uma grande confusão para os utilizadores", justificou.




Já a introdução de caracteres em outras línguas é encarada como muito positiva. "É tão essencial que já devia ter acontecido, para podermos juntar à Internet mais um bilião de utilizadores".




Notícias Relacionadas:

2008-06-26 - Registo de domínios Internet com novas regras

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.