Portugal Continental soma actualmente 4,7 milhões de utilizadores de Internet. Os valores são apresentados em mais um estudo Bareme Internet, da Marktest, e mostram que o número de internautas cresceu mais de dez vezes nos últimos 14 anos.

Enquanto em 1997 5,6 por cento dos portugueses acedia à grande rede, hoje são 57,1 por cento aqueles que o fazem (4,749 milhões), num crescimento superior a 920 por cento.

Neste período, o ritmo de crescimento da taxa de penetração da Internet no país situou-se nos 20,8 por cento ao ano.

Naturalmente, à medida que aumenta o número de utilizadores de Internet, também diminui a sua taxa de crescimento anual, tendo-se registado 5,9 por cento de crescimento de 2009 para 2010, revela o estudo.

[caption][/caption]

Uma análise por targets revela que a idade é a variável mais discriminante, já que os valores de acesso à Internet oscilam entre os 99,2 por cento junto dos jovens dos 15 aos 17 anos e os 7,7 por cento junto dos idosos com mais de 64 anos.

Relativamente à ocupação, enquanto 99,7 por cento dos estudantes não dispensam a grande rede, apenas 14,1 por cento das domésticas se rende aos encantos da Web.

A variável classe também apresenta uma dispersão assinalável, com os valores a baixarem gradualmente dos 96,6 por cento na classe alta, para os 18,2 por cento na classe baixa.

Embora menos acentuada, a diferença entre os dois sexos também se faz notar, quando 64,9 por cento dos homens acede à Internet, face a 50 por cento das mulheres.

Refira-se que numa análise recente por número de lares, a Marktest revelava uma taxa de penetração de perto de 63 por cento, apontando para a existência de 2,2 milhões de casas com acesso à Internet.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.