Alemanha, Brasil, China, Estados Unidos, India, Japão, Reino Unido e Rússia são considerados os países mais ricos do mundo, tendo em conta o PIB, mas mesmo assim 1,75 mil milhões dos seus cidadãos não estão ligados à internet, sendo que 34% residem em centros urbanos.

Os dados são publicados pela Wireless Broadband Alliance e indicam que apesar da adoção da internet nas cidades ser mais rápida do que nas zonas rurais, os centros urbanos ainda têm alguns desafios significativos para superar.

Entre eles estão os gastos de energia limitados, a falta de disponibilidade de tecnologia, a falta de consciencialização sobre as vantagens de usar a internet e também os baixos níveis de literacia em TI.

tek grafico internet wifi

O relatório indica ainda que a falta de serviços de internet acessíveis em termos de custo também é um problema nos países desenvolvidos, e não apenas dos países em desenvolvimento.

Especificamente sobre as grandes cidades do mundo, as conclusões mostram que Nova Deli e São Paulo têm o maior número de cidadãos desconectados, respetivamente 29% ou 5,331 milhões e 36% ou 4,349 milhões.

Londres é a cidade mais ligada à internet, com apenas 7% da população desconectada (625.336). Restam Nova Iorque, com 19% das pessoas desligadas (1,9 milhões) e Moscovo, com 17% (2,154 milhões).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.