Em entrevista à Agência Lusa, o coordenador do Plano Tecnológico da Educação, João Trocado da Mata, afirmou que, ao contrário do que estava inicialmente previsto, a introdução de ligações de banda larga a 48 Mbps nas escolas abrangidas pela iniciativa e a colocação de um quadro interactivo por cada três salas de aula são duas metas que serão "concretizadas já no próximo ano lectivo" e não em 2010 como estava agendado.



Segundo o responsável, ao serem antecipados os planos do Estado, estão também a ser adiantados os contributos para "modernizar os processos de ensino e de aprendizagem" em Portugal. João Trocado da Mata adiantou que o PTE é um "poderoso meio" para alavancar a melhoria do ensino e, por consequência, dos resultados dos alunos através do recurso às TIC.



O coordenador do PTE explicou ainda à Lusa que o uso da tecnologia e o aproveitamento escolar dos alunos estão directamente ligados e apresentam uma "correlação positiva", tal como comprovam estudos internacionais.



Anunciado no ano passado pelo primeiro-ministro José Sócrates e pela ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, o Plano Tecnológico para a Educação está orçamentado em 400 milhões de euros. A meta do projecto é colocar Portugal nos primeiros cinco países europeus com maior taxa de modernização tecnológica a nível de ensino.



No âmbito da iniciativa já foram colocados em marcha concursos públicos internacionais para as redes de área local, que permitiram baixar em 30 por cento o valor previsto para a sua aquisição, e outros concursos para a aquisição de computadores, ligações à Internet, quadros interactivos, impressoras, videoprojectores e sistemas de alarme e videovigilância, entre outros equipamentos.



Outra meta prevista pelo Plano é a colocação de um computador com ligação à Internet para cada dois alunos até ao final da década, um objectivo que, com o lançamento do concurso público internacional para a aquisição de mais de 111 mil computadores, deverá começar a ter os primeiros frutos já no próximo ano lectivo, altura em que a relação será de um equipamento por cada cinco estudantes.



Está ainda prevista a criação do Centro de Apoio Tecnológico das Escolas que "vai responder às questões decorrentes da gestão e manutenção do parque", explicou João Trocado da Mata referindo ainda que "serão criadas nas escolas equipas PT constituídas pelos coordenadores TIC e outros elementos que estamos ainda a definir".



Notícias Relacionadas:

2008-04-21 - ME abre concurso público para reforço do parque informático das escolas do 2º e 3º ciclo

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.