Investigações iniciadas em Abril do ano passado permitiram à Guardia Civil espanhola identificar e desmantelar uma rede de distribuição de pornografia infantil que operava a partir de comunidades Internet. A polícia deteve novos indivíduos residentes em diversas províncias espanholas mas calcula que a rede se estendia a outros países, nomeadamente na América Latina.



A operação "Patio" localizou um total de 49 comunidades que alojavam conteúdos de vídeo e fotografias de menores que estavam acessíveis apenas a utilizadores registados ou a quem conhecesse a localização exacta dos conteúdos, explica um comunicado da Guardia Civil.



Os agentes da Guardia Civil estavam já a investigar há alguns meses as pistas referentes a conteúdos pornográficos na Internet, trocados livremente entre membros de uma mesma comunidade.



O desmantelamento de redes de pedófilos na Internet, normalmente com grandes volumes de conteúdos apreendidos e a prisão de indivíduos é uma das preocupações das polícias de todo o mundo. Os relatórios conhecidos mostram que a divulgação de imagens de pornografia infantil na Internet tem crescido exponencialmente, muito devido à cada vez maior facilidade de captura e colocação de imagens digitais em websites, à maior largura de banda e aumento de espaços de armazenamento de dados nos servidores web.

Notícias Relacionadas:

2004-11-25 - Mega operação contra pedofilia online envolve 65 países

2004-05-17 - Detidos 65 suspeitos de distribuição de pornografia infantil na Net

2004-05-07 - FBI e redes peer-to-peer colaboram na luta contra a pedofilia

2004-01-13 - Telemóveis 3G dificultam identificação de pedófilos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.