Portugal registou um aumento como emissor de spam nos dois últimos meses do ano, arrecadando a sétima posição do "Top 10 Spammers" da AnubisNetworks em Novembro, com o envio de 3,49 por cento das mensagens não solicitadas para as caixas de correio electrónico.

Os Estados Unidos são o país que mais difunde spam para Portugal. No entanto, verificou-se um decréscimo no total de correio não solicitado enviado pelos EUA, passando de 15,72 por cento no mês de Novembro, para 11,18 por cento no último mês de 2008.

A lista dos principais emissores de spam para terras lusas prossegue com a Rússia e o Brasil, que trocam de posição consoante o mês em causa. No mês de Novembro, a Rússia está em segundo lugar, registando 5,91 por cento de spam enviado, passando para a quarta posição em Dezembro, com 5,17 por cento; enquanto o Brasil passa da terceira posição em Novembro, com 5,34 por cento, para a segunda posição de Dezembro com 8,18 por cento.

A percentagem de correio não solicitado enviado para Portugal durante o mês de Novembro foi de 94,06 por cento, quando no último mês de 2008 o registo aumentou para 95,85 por cento.

Comparando a evolução do spam ao longo de cada mês à recepção legítima de email, a tendência foi para um "equilíbrio geral", refere a AnubisNetwork.

Tal como em outros barómetros, durante os fins-de-semana registou-se uma diminuição de tráfego legítimo, provocando consequentemente um aumento dos valores percentuais de mensagens não solicitadas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.