Os portugueses são os europeus que mais vão usar o smartphone no futuro para fazer compras: 61% dizem esperar usar o dispositivo móvel para concretizar uma aquisição. Um valor bem acima da média europeia que é de 47%, de acordo com dados apurados pela Deloitte.

Apesar deste espírito ‘futurista’, a verdade é que atualmente os portugueses ainda fazem a maior parte das suas compras de Natal em lojas físicas. Usam a Internet para pesquisar e comprar preços, mas os negócios depois são concretizados em ‘pessoa’.

Ainda assim há registo de alguma abertura em determinadas categorias: por exemplo, em 2014 apenas 3% dos inquiridos admitia comprar produtos alimentares e bebidas através da Internet, número que sobe para 12% este ano

Mas o relatório da Deloitte tem um indicador de destaque: os portugueses são dos que mais usam as redes sociais para connhecer melhor os produtos que vão comprar: um valor 30% superior aos congéneres europeus, sendo que os produtos de tecnologia são os que mais ligação têm aos social media.

“A estratégia de compra omnicanal é uma realidade generalizada no processo de compra dos portugueses e os retalhistas estão conscientes deste cenário, daí o atual movimento em que os retalhistas procuram integrar a sua proposta de valor também com uma forte presença nas novas plataformas e canais digitais. É neste contexto que o mobile e as redes sociais ganham força”, destaca em comunicado o elemento da Deloitte, Nuno Netto.

O estudo em Portugal envolveu 761 pessoas dos 18 aos 65 anos. O inquérito foi feito num total de 14 países.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.