A Polícia de Segurança Pública está a reforçar o alerta relativo a um esquema de burla informática que já não é novo mas que continua a fazer vítimas.

Em causa estão os computadores que são sequestrados por um vírus que usa a imagem da PSP e refere que o utilizador violou a lei dos "direitos de autores e direitos adjacentes" numa quebra da cláusula 128 do Código criminal português.

Teoricamente, para que o computador seja libertado os utilizadores infetados com o malware têm que proceder ao pagamento de cem euros, situação que nunca chega a ser resolvida mesmo que o pagamento seja feito.

Desde o início do ano a PSP já recebeu 12 novas queixas relativas a este caso e por isso é que está a reforçar de novo o alerta sobre a burla informática, como revelou ao TeK o gabinete de Relações Públicas do grupo policial.

A PSP compila ainda os passos necessários para a resolução do problema caso alguém seja afetado por este vírus, solução abaixo reproduzida:

"O procedimento para eliminar este vírus é o seguinte:- Entrar no computador em "Modo de Segurança"- Abrir: menu iniciartodos os programasarranque. Aqui encontrará um atalho para um ficheiro executável, cujo nome é constituído por um grupo de números e letras e que terá que ser eliminado;- Para o eliminar, aceder a C:Documents and Settingsnome do utilizadorMenu IniciarProgramasArranque (no caso do windows XP)ou C:Usersnome do utilizadorMenu Iniciar Programas Arranque (no caso do windows 7). Nesta pasta deverá remover o ficheiro atrás referido;- Após a remoção do ficheiro, deverá voltar a: menu iniciartodos os programasarranque deverá selecioná-lo com a tecla direita do rato e eliminá-lo; Poderá iniciar agora o seu computador normalmente".


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.