Desde segunda-feira, dia 24 e até sexta-feira, dia 28, irá realizar-se um encontro em Bucareste, na Roménia, com vista a debater o futuro do Internet Corp for Assigned Names and Numbers (ICANN), prevendo-se até que seja decidido se este órgão administrador do sistema de nomes de domínio irá continuar ou não em funcionamento.



Os participantes e o conselho de direcção do ICANN irão discutir uma proposta para reformar esta entidade elaborada pelo Comité para a Evolução e a Reforma. Entre outras medidas, este documento - que se baseia em grande parte em recomendações publicadas pelo memsmo Comité em 31 de Maio - apela a uma maior participação por parte dos administradores globais de domínios e sugere um novo método para escolher os membros do conselho de direcção.



Apesar de quase todos os envolvidos concordarem que o ICANN deve mudar, as recomendações não foram bem recebidas por todos, de acordo com a Computer Newswire. Mesmo alguns elementos com relações antigas com o conselho de direcção revelaram-se contra as medidas.



Os três Registries regionais da Internet (RIRs) relativos à América do Norte, Ásia-Pacífico e Europa, que são responsáveis por alocar os endereços aos fornecedores de acesso à Internet, estão a tentar distanciar-se ainda mais do ICANN, uma vez que acreditam que as recomendações daquele comité de reforma vão criar burocracias desnecessárias, e vão retirar parte do seu poder de tomada de decisões.



As relações amigáveis entre os três RIRs e o ICANN esfriaram um pouco desde que Stuart Lynn, director executivo do ICANN propõs em Fevereiro uma série de reformas à organização.



Em Abril, os RIRs anunciaram que tinham um acordo sobre os termos de um esboço de um contrato com o ICANN que iria estabelecer por escrito o que até então tinha sido uma relação informal. Contudo, avisaram que as propostas de Lynn "poderiam ter um efeito material" na assinatura de um contrato final. Num documento publicado na semana passada, as três entidades regionais responsáveis pela alocação dos endereços tentaram distanciar-se ainda mais do ICANN.



As recomendações para a reforma do ICANN sugerem a criação de um comité de aconselhamento técnico para coordenar temas como a alocação dos endereços e para mandatar a aprovação do conselho de direcção de políticas relativas a endereços IP.



Estas movimentações surgem numa altura em que até Stuart Lynn e os congressistas norte-americanos duvidaram da sobrevivência do ICANN nos últimos meses. Numa recente audiência do Senado dos Estados Unidos, o executivo do Departamento de Comércio responsável pelas relações do ICANN com o governo norte-americano, recusou-se a garantir que o contrato do ICANN iria ser renovado quando expirar em Setembro.


Notícias Relacionadas:

2002-06-03 - Comissão recomenda alterações à gestão do ICANN

2002-04-01 - ICANN pede comentário público sobre plano de reestruturação

2001-09-10 - ICANN quer reduzir número de membros eleitos por sufrágio Internet

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.