Foi hoje disponibilizada a nova versão do browser da Apple, o Safari 5 para Mac e Windows. O software apresenta uma melhoria de 30 por cento no desempenho face à versão anterior, garante a fabricante.

Num comunicado à imprensa, a Apple destaca a possibilidade de os utilizadores poderem agora escolher qual o motor de busca que querem usar na área de pesquisa do Safari, de entre três "candidatos": Google, Yahoo ou Bing. O software da Microsoft não era, até à data, opção.

Com a nova versão chega também o Safari Reader, que torna mais fácil a leitura de artigos online, sem conteúdos adicionais a "distrair" o internauta. Quando é detectado um artigo, os utilizadores podem clicar no ícone Reader e solicitar que o conteúdo seja apresentado na íntegra para leitura, sendo também disponibilizadas várias opções para visualizar o texto, alterar o tamanho, imprimir ou enviar por email, por exemplo.

Garantido ficou também o reforço do suporte ao HTML 5, com "mais de doze novas tecnologias" que vão permitir aos programadores Web apostarem em "websites ricos e dinâmicos", afirma a empresa.

Outra grande novidade do Safari 5 é a possibilidade de juntar extensões ao browser, que personalizam e melhoram a experiência de navegação. Esta capacidade, popularizada pelo Firefox e Chrome, chega agora ao browser da Apple numa lógica multiplataforma, graças ao suporte para HTML 5, CSS e Javascript.

O Safari Developer Program formaliza a nova estratégia de abertura do browser e a ferramenta Extension Builder ajudará os programadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.