No início deste mês surgiram várias teorias da conspiração na Internet que garantiam que o 5G é um dos fatores que causou o aparecimento da pandemia de COVID-19. Depois da Organização Mundial da Saúde (OMS) ter esclarecido que o vírus não se transmite através da quinta geração de rede móvel, é a vez da União Internacional de Telecomunicações (UIT) reforçar o aviso.

Os rumores infundados acerca de uma ligação entre o 5G e a pandemia de COVID-19 levaram mesmo a que várias torres tenham sido incendiadas em diversas localidades no Reino Unido. Na altura o YouTube não ficou indiferente aos acontecimentos e anunciou que iria tomar medidas para travar a disseminação de informação falsa.

O 5G causa a COVID-19? Teorias da conspiração levam YouTube a “apertar o cerco” à informação falsa
O 5G causa a COVID-19? Teorias da conspiração levam YouTube a “apertar o cerco” à informação falsa
Ver artigo

Quase duas semanas depois do início da divulgação das teorias falsas, a UIT, uma agência da ONU, veio esclarecer que a associação do 5G à expansão da pandemia de COVID-19 “não tem base científica”. Em comunicado, a UIT explica que este tipo de rumores tem aumentado, numa altura em que é essencial "divulgar notícias e factos credíveis sobre a doença".

A agência elogia particularmente o “papel das tecnologias de informação e das redes sociais em grande escala", que, considera, têm ajudado a lidar e a responder à doença. No entanto, assume que também podem espalhar o medo e a desinformação entre a população mundial. Já no final de março, o secretário-geral da ONU António Guterres destacava a importância de combater este outro "inimigo", promovendo a divulgação de informação credível e a solidariedade.

O comunicado da UIT segue-se ao da OMS, no início de abril. A Organização relembrava que o novo Coronavírus era transmitido pelo ar através de gotículas derivadas da respiração humana, tosses, espirros ou através da fala. Outra forma de infeção seria tocar em superfícies contaminadas e levar as mãos à boca, aos olhos ou ao nariz. Sem qualquer possibilidade, portanto, de transmissão através da quinta geração de rede móvel.

Aviso da OMS a esclarecer que o 5G não tem qualquer relação com a COVID-19

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.