O Unibanco Wallet fica disponível hoje e associa à conta de um cartão de crédito tradicional um cartão virtual NetNet, que pode ser usado em qualquer loja online que aceite cartões Visa ou Mastercard. Nesta componente é bastante semelhante ao MBNet da SIBS, que a Unicre também ajudou a lançar e que tem o mesmo tipo de funcionamento associado a um cartão Multibanco.

No Unibanco Wallet é possivel associar até três cartões Unibanco NetNet, que podem ser usados apenas em compras online e não têm anuidade associada. Para ter um cartão NetNet é necessário ser cliente de um cartão de crédito do Unibanco. Caso deseje pode aderir diretamente ao NetNet, sendo oferecido ao novo clinte um cartão para usar também em lojas offline.

Cada cartão NetNet tem um número de identificação único e o titular do cartão a que está associada a conta Unibanco Wallet pode definir para cada um deles um plafond a partir de um montante de 25 euros.

[caption]cartão netnet[/caption]

As compras realizadas são depois identificadas individualmente no extrato mensal do cartão principal.

A segurança dos pagamentos e das soluções é destacada pela empresa. "O principal objetivo e preocupação da UNICRE, no desenvolvimento da conta Unibanco Wallet, passou por criar uma alternativa adequada a um número alargado de consumidores que lhes permita acompanhar e beneficiar das evoluções tecnológicas no que respeita à forma de realizarem os seus pagamentos", explica Fernando Adão da Fonseca, presidente do Conselho de Administração da Unicre, Chairman e CEO.

Para complementar a solução a Unicre lançou também uma aplicação para android e iOS que permite guardar nos smartphones os dados dos cartões virtuais e também dos cartões de crédito tradicionais. A mesma aplicação serve para guardar outros dados de identificação, como o cartão de cidadão e número de identificação fiscal.

Segundo a Unicre, apenas 23% dos portugueses fizeram pagamentos online com o cartão de crédito em 2012, saindo do uso tradicional nas compras em lojas físicas.

Esta solução complementa a oferta que a Unicre já tem nos pagamentos online, do lado dos consumidores mas também dos comerciantes, com gateways de pagamento, mas a ideia é continuar a desenvolver novas alternativas. "Logo que internacionalmente existam condições de mercado que permitam e justifiquem a implementação de novas formas de pagamento através de telemóveis, a Unicre irá acompanhar e outras novidades serão lançadas" adianta ainda o CEO da empresa.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Fátima Caçador

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.