A Universidade de Berkeley, na Califórnia, anunciou que vai começar publicar excertos de aulas no YouTube de forma a torná-las acessíveis ao grande público, escreve hoje a AFP.



No total, serão colocadas na plataforma 300 horas de vídeos referentes a aulas e ventos universitários correspondentes a nove cursos, entre os quais Ciências Políticas, Biologia e Engenharia.



A universidade destaca ainda outros dois cursos que possivelmente captarão as atenções dos utilizadores: "Física para futuros presidentes" e outro sobre tecnologia de motores de busca na Internet que será leccionado por Sergey Brin, co-fundador do Google.



Esta não é a primeira vez que a Universidade de Berkeley promove uma iniciativa do género. Em 2001, a instituição de ensino começou a fazer webcasts das aulas e no ano passado optou pelos podcasts que, entretanto, ficaram disponíveis para download no iTunes.



O YouTube já se tornou um fenómeno mediático alvo de estudo. A universidade de Pitzer College, também da Califórnia, começou a leccionar este semestre uma cadeira onde a plataforma é utilizada e analisada do ponto de vista tecnológico e social pelos alunos.



Notícias Relacionadas:

2007-04-02 - Primeira universidade japonesa online abre portas hoje

2006-10-19 - Universidade de Oxford com curso sobre 3G/ DVB-H Mobile TV

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.