O Instagram tornou-se um serviço mais completo ao disponibilizar aos utilizadores uma versão Web que permite visualizar todo o mural de atualizações, comentar e gostar das publicações da rede de contactos.

O Instagram para browsers facilita o acesso à informação partilhada na rede social, sobretudo quando os "fotógrafos" não estão em movimento e encontram-se em casa. "Acreditamos que os utilizadores devem ser capazes de aceder ao Instagram através de diferentes dispositivos, nos quais sejam mais convenientes em determinado momento", escreveu o cofundador do serviço, Kevin Systrom.

A única característica que falta à versão Web é o carregamento de imagens que para já continua exclusivo das aplicações móveis para iOS e Android. Kevin Systrom justifica esta opção pelo facto de o núcleo de funcionamento do serviço estar relacionado com o "ver e tirar fotografias em movimento, no mundo real e em direto".

Por este motivo é que o registo na aplicação de edição e partilha de fotos também só é possível através das apps para dispositivos móveis.

Numa época em que muitas das aplicações são uma transformação de serviços Web já existentes, o Instagram faz o caminho inverso. Do grande sucesso mundial nos smartphones chega também agora aos computadores e browsers de todos os dispositivos de forma quase completa.

A transição Web do Instagram começou no final de 2012 quando a empresa tornou possível ver o perfil da rede de contactos através da versão para navegadores de Internet.

Escrito ao abrigo do novo Acordo
Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.