O relatório de avaliação do potencial para a colaboração entre a Universidade do Texas e as instituições nacionais foi entregue ao ministério da Educação no dia 7 deste mês, tendo sido colocado em consulta pública nos próximos 15 dias. Ao contrário do que havia sido inicialmente garantido pelo ministério da Ciência da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, através de Mariano Gago, os programas de colaboração tecnológica com as três universidades norte-americanas, inseridos no "Compromisso com a Ciência" do Estado, não foram concluídos até final do ano, continuando a faltar a assinatura do acordo com a Universidade do Texas em Austin.



Em Março do ano passado foi assinado um acordo que se destinava à identificação de programas, actividades e instrumentos que potenciassem as relações bilaterais pretendidas. Na altura pensava-se que a análise estivesse concluída até Julho de 2006, assinando-se posteriormente o acordo insitucional entre as duas partes.



Até à data os planos não foram cumpridos, isto porque, "o interesse mútuo manifestado por grupos portugueses e de Austin para trabalharem em outras áreas" - matemática e computação em rede -, para além das previamente estabelecidas - na produção e difusão de conteúdos digitais e multimédia e na valorização económica de novas TIC - levou à extensão do período de avaliação das propostas. Outra das novidades é o interesse que a Universidade do Texas demonstrou em colaborar com Portugal na área das nanotecnologias, refere o ministério em comunicado.



O relatório de avaliação do potencial para a colaboração com as instituições nacionaise e a Universidade norte-americana foi entregue no dia 7 ao ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e o documento está disponível para discussão pública durante as próximas duas semanas. O documento resulta da análise efectuada por peritos, departamentos e centros de investigação da UTA às instituições nacionais e identifica os principais pontos de cooperação científica e tecnológica com as mesmas.



Contactada pelo TeK, fonte do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior não avançou qualquer pormenor relativamente à conclusão do acordo com a Universidade do Texas, não se conhecendo a data prevista para a assinatura protocolar que liga o estado Português à instituição norte-americana.

Notícias Relacionadas:

2006-10-27 - Acordo com CMU prevê criação de Instituto com dois pólos de funcionamento

2006-10-11 - Acordo com MIT marca ponto de viragem para comunidade académica

2006-03-22 - Universidade do Texas colabora com Governo português na área da Ciência e Tecnologia

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.