O director do gabinete de Tecnologias de Informação (TIs) do governo federal dos Estados Unidos apresentou na segunda-feira um orçamento no valor de 59 mil milhões de euros em tecnologia para o ano fiscal de 2004, informou a Associated Press.

Este montante representa um aumento de 12 por cento em comparação com o
corrente ano, um crescimento que irá servir sobretudo para pagar despesas de
segurança interna, de acordo com Mark Forman, director associado de TIs e
Governo Electrónico para o Gabinete de Gestão e Orçamento da Casa Branca.

Desses 59 mil milhões de dólares, cinco mil milhões destinam-se à aquisição de
Tecnologias de Informação relacionadas com o combate ao terrorismo, incluindo
software e hardware para planeamento e resolução de situações
de desastre. Os fundos poderão ser empregues para programas federais,
estaduais ou locais.

A proposta inclui ainda 4,7 mil milhões de dólares para segurança informática,
o que representa um aumenta acima dos 10 por cento em relação ao ano fiscal
de 2003. Prevê-se que George W. Bush proponha um orçamento nacional no início
de Fevereiro. De acordo com Forman, é provável que o Congresso dos Estados
Unidos aprove o orçamento em despesas de tecnologia no final de Setembro,
dado que o ano fiscal de 2004 começa no dia 1 de Outubro.

Forman, que participou enquanto orador na Oracle Apps World de San Diego, na segunda-feira, afirmou
que o governo irá investir fortemente em tecnologia geo-espacial, o que poderá
incluir subscrições a serviços de satélite que permitam que os caças da Força
Aérea monitorizem com maior precisão o ritmo de propagação de um incêndio
numa floresta.

Notícias Relacionadas:
2002-09-19 - Governo
norte-americano apresenta relatório de Cibersegurança

2002-09-17 - Casa
Branca altera plano de cibersegurança

2002-09-09 - Governo
norte-americano desenvolve plano de ciberprotecção nacional

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.