A Apple comprou um serviço de streaming especializado em música clássica e anunciou que no próximo ano vai lançar uma aplicação exclusiva para este género musical. O serviço em questão chama-se Primephonic que, numa nota no site, explica a decisão de se juntar à Apple como uma forma de reforçar a capacidade de chegar ao seu público. 

“Apenas como startup de música clássica não conseguimos chegar à maioria dos que a ouvem a nível global, sobretudo àqueles que ouvem muitos outros géneros musicais. Por isso concluímos que, para cumprir a nossa missão, tínhamos de nos associar a um serviço de música em streaming líder, que cobrisse vários géneros musicais e partilhasse connosco o gosto pela música clássica”, refere a nota.  

A Primephonic já não está a aceitar novos subscritores. A partir de dia 7 de setembro o serviço deixa mesmo de estar disponível e o catálogo passa a ser integrado nas playlists do Apple Music, bem como todos os conteúdos áudio exclusivos que a app hoje disponibiliza. Os utilizadores com subscrições pagas vão ser reembolsados e terão acesso a um vale de seis meses para utilizar o Apple Music. 

Como explica em comunicado a Apple, a intenção é trazer para este processo de integração "as melhores características do Primephonic, incluindo melhor capacidade de navegação e pesquisa por compositor e por repertório, informação detalhada de metadados de música clássica, novas funcionalidades e benefícios".

No próximo ano, quando a Apple lançar a nova aplicação dedicada em exclusivo à música clássica, voltará a contar com a interface da Primephonic, startup que estava no mercado há três anos. O valor do negócio com a Apple não foi revelado. 

    

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.