A Apple ascendeu à segunda posição mundial, no que se refere ao valor de mercado. A organização liderada por Steve Jobs atingiu uma capitalização bolsista de 267,5 mil milhões de dólares. A posição é frágil nestes lugares cimeiros mas reveladora da valorização da companhia ao longo dos últimos anos.



Na sessão de ontem do Nasdaq, quando a posição foi atingida, as acções da empresa chegaram a valer 292,75 dólares. Hoje abriram a sessão ainda acima desse valor (293,5 dólares) e à hora de publicação do artigo mantêm-se valores da mesma ordem.



Com a ascensão, a empresa reforça o posicionamento entre duas petrolíferas. A líder é a Exxon Móbil, a empresa cotada em bolsa mais valiosa do mundo - que vale 313,3 mil milhões de dólares.




O sucesso de produtos como o iPod ou o iPhone têm garantido à Apple uma escalada do preço das acções e, consequentemente, no valor de mercado da companhia.



Desde que lançou o iPhone, em 2007 e até aos dias de hoje, as acções da empresa triplicaram de valor. Interessa ainda referir que o dispositivo representa já 30 por cento da facturação da empresa.



A tecnológica que se segue na lista é a Microsoft, que é a quarta empresa do mundo em capitalização bolsista, valendo 211,7 mil milhões de dólares, de acordo com a Bloomberg.



Nota de Redacção: A notícia foi actualizada retirando a referência à Petrochina, apontada como a segunda empresa mais valiosa. O TeK tinha confirmado no site do Nasdaq todos os valores referentes à Apple, os dados referentes à Petrochina citavam informação da Bloomberg, que tem acesso à lista completa de empresas com maior capitalização bolsista. Não sendo possível confirmar essa informação neste momento para a data em questão foi retirada a referência.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.