O segundo maior fabricante de aviões do mundo anunciou que deixará de oferecer o serviço de acesso de banda larga à Internet a bordo dos seus aviões, designado por Connexion.



Jim McNerney, CEO da empresa refere em comunicado que "nos últimos seis anos foi investido tempo, recursos e tecnologia" num serviço que, ao contrário do que se esperava não cativou o mercado. A decisão custará à empresa 320 milhões de dólares a encaixar no segundo semestre de 2006.



Em Junho deste ano a Boeing mencionou que estava a ponderar o futuro do serviço, que possibilitava aos passageiros o acesso à Internet, através de uma ligação por satélite, nos voos efectuados em aviões equipados com a tecnologia.



Apenas 12 linhas aéreas, maioritariamente asiáticas, eram clientes do serviço. Na Europa, apenas a Lufthansa e a Scandinavian Airlines ofereciam as mesmas condições aos seus passageiros.



A Boeing referiu que a maioria dos funcionários da divisão Connexion - 560 pessoas- terão emprego noutras áreas dentro da empresa.

Notícias Relacionadas:

2003-02-11 - Connexion leva Internet a aviões

2000-04-27 - Boeing com Net, e-mail e TV

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.