Arranca amanhã mais uma edição da CeBIT. A feira da tecnologia conta este ano com várias novidades introduzindo três novas áreas de exposição, um espaço próprio para o outsourcing, maior destaque para as soluções dirigidas à Administração Pública e uma conferência de lideres que precede o dia de abertura oficial da exposição.



O objectivo desta reunião de antecipação é debater os principais desafios enfrentados pela empresa no último ano e antever as grandes tendências de futuro.



A conferência, conduzida pelo The Economist, tem como oradores Viviane Reding, comissária europeia para a Sociedade da Informação, Niklas Zennström, CEO e um dos fundadores da Skype Technologies, Erwin Gunst, presidente da SAP para a região EMEA, entre outros.



No que respeita às novas áreas temáticas a edição de 2005 introduz três novidades: business process, comunicações e equipamentos e serviços digitais. A estas juntam-se também novidades na área dos temas em discussão, com a organização a apostar numa maior verticalização elegendo como áreas fundamentais banca e finanças, tecnologia de cartões e duas áreas dedicadas ao futuro e à Administração Pública.



Nos seis dias de evento estarão presentes 6.200 expositores, mais cem que na edição passada, distribuídos por uma área de 320 mil metros quadrados. À semelhança do que vem acontecendo em edições anteriores, a região Ásia/Pacifico é a que se faz representar de forma mais significativa com 1.500 empresas. Na Europa é o Reino Unido quem envia à feira maior número de empresas, estando presentes 196 organizações. Os Estados Unidos fazem-se representar com 194 empresas.



Portugal está também representado com três organizações: Aveiro Digital, Critical Software e Inosat. Ficam fora do evento a NFive e a Carkit, que cancelaram as suas inscrições, segundo confirmou a Câmara do Comércio Luso-Alemã ao TeK.



De sublinhar que os dados da organização não abrangem as empresas que integram expositores a convite de outras entidades, pelo que a participação portuguesa deverá ser superior. Ainda há algumas semanas o TeK noticiou a presença da BeAdvance no evento - uma empresa de soluções biométricas - que não está contemplada na lista de CCLA por se apresentar com o seu parceiro espanhol CD World.



A edição do ano passado recebeu 3.400 visitantes dia, no maior aumento face aos últimos três anos.



Notícias Relacionadas:

2005-03-02 - BeAdvance planeia apresentar solução de controlo de presenças na CeBIT

2004-11-19 - Portugal apenas com três inscrições na CeBit 2005

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.